a luta continua! a luta continua! a luta continua! a luta continua! a luta continua! /§(o_o)§\

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

* 50 - Lágrima de preta...

era água quase tudo
e cloreto de sódio...


muitos persistem na diferença...
onde é que ela reside afinal??...



Encontrei uma preta
que estava a chorar
pedi-lhe uma lágrima
para a analisar.

Recolhi a lágrima
com todo o cuidado
num tubo de ensaio
bem esterilizado.

Olhei-a de um lado,
do outro e de frente:
tinha um ar de gota
muito transparente.

Mandei vir os ácidos,
as bases e os sais,
as drogas usadas
em casos que tais.

Ensaiei a frio,
experimentei ao lume,
de todas as vezes
deu-me o que é costume:

nem sinais de negro,
nem vestígios de ódio.
Água (quase tudo)
e cloreto de sódio.

António Gedeão = Rómulo de Carvalho

5 comentários:

maria_maia disse...

Aristides, se achares esta um pouco difícil, eu entendo... :)

ARISTIDES DUARTE disse...

Realmente esta não sei. Conheço a versão do Manuel Freire, mas não é esta.

maria_maia disse...

Aristides, esta "lágrima" é cantada por: "Duarte Mendes". Desconheço se será algum familiar do Carlos Mendes...

Tinha ainda a voz no ouvido, mas até pensava tratar-se do Adriano. Agora, aprendi.

Aprender.
Aprender!
Aprender...SEMPRE!!!! :)

JOSÉ FARIA disse...

Saúde!
Hoje decidi visitar “Os Maias Blogs”
Já não era sem tempo.
E só para relembrar que
A MAIA SOMOS NÓS, MAIATOS!
Já Vieira de Carvalho o afirmava!
Cumprimentos e bons Posts!
- Depois se falará de poesia!

ARISTIDES DUARTE disse...

O Duarte Mendes ganhou o festival da RTP em 1975, com "Madrugada", mas acho que não é nada da família do Carlos